quarta-feira, 27 de março de 2013

O FILÓSOFO



Não percebi o que quis dizer, mas acho muito profundo…

Deliciem-se com este pensamento eloquente:

Eu quis aqui estar hoje porque, num tempo em que somos confrontados diariamente com a gestão da incerteza e a gestão das incógnitas, é importante que aqueles que têm responsabilidades públicas sejam capazes em cada uma das áreas de ter respostas concretas para o que é concreto e respostas objectivas para o que é específico”. (Fonte)

Só uma mente iluminada, como esta, se poderia pronunciar desta forma… A sua mente está para a filosofia assim como a sua voz (ouçam-no em "Grândola, vila morena") está para o canto lírico.

Enfim, é o que temos…!

1 comentário:

Miguel Loureiro disse...

Chegou e disse, tirou o chapéu e foi-se...
Isto deve ser uma tradução do alemão para português, de um qualquer filósofo... o que lhe dá a equivalência.