quinta-feira, 16 de maio de 2013

SERÁ O PRENÚNCIO DE UMA NOVA TEOCRACIA…?





Até Cristo separou os interesses terrenos, políticos e financeiros das conveniências celestiais, religiosos e de solidariedade social, quando afirmou “dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” (Mt 22,21).

É, portanto, errado – ou, pelo menos, de mau gosto – confundir a “beatice” do Presidente, da sua mulher e dos fundamentalistas religiosos (de quem Jesus, já naquele tempo, reclamava “Ai de vós, doutores da Lei e fariseus hipócritas, porque sois semelhantes a sepulcros caiados: formosos por fora, mas, por dentro, cheios de ossos de mortos e de toda a espécie de imundície!) com o Cristianismo ou com qualquer outra religião, seja ela qual for…

Quando o Presidente diz “penso que foi, como a minha mulher me disse várias vezes, uma inspiração da Nossa Senhora de Fátima e do 13 de Maio”, demonstra uma realidade bem diferente daquela que pretende fazer-se notar:

1º - Convenceu-se que é assim, porque a mulher lho "disse várias vezes”;

2º - Demonstra não ter opinião própria e defende, tão-somente, a opinião da mulher;

3º - Contrariamente a uma aparente conversão religiosa, opta pela atitude dos fariseus – seita a quem Jesus Cristo chamou de hipócritas, comparando-os a sepulcros –, transformando-se, assim, em defensor de uma nova corrente política/religiosa;

4º - Demonstra uma enorme contradição como Presidente de um Estado laico, ao defender aquilo a que se pode chamar de nova teocracia em que os governos exercem no cumprimento da vontade divina. Embora mal comparado, faz-me lembrar a queda do Xá da Pérsia e a tomada do poder pelos Ayatollah.

Se não for nenhuma destas quatro situações enunciadas, então aconselho vivamente o Sr. Presidente a consultar um médico, pois esta confusão apresentada poderá ser um sintoma patológico grave que, creio, poderá ser impeditiva de continuar a presidir este País.

As melhoras…!

1 comentário:

Miguel Loureiro disse...

Será prenúncio ou estado adiantado?
Vou fazer link para as 17:00
Obrigado